• PARQUES DE ANIMAIS SELVAGENS/ ZOOS
  • maio 12th, 2014
Andean Fox

 

1. EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Os Zôos atingem centenas de milhões de pessoas no mundo. A maioria dessas pessoas vivem em áreas urbanas e tem pouco ou nenhum contato com a natureza. Eles visitam os Zôos porque de uma maneira ou de outra têm interesse em animais. Seja qual for o nível de interesse, os Zôos oferecem uma oportunidade para educação. Isto lhes dá um grande potencial de atração ao público para conscientizá-lo da importância da conservação da natureza. São também visitados por um significativo número de pessoas das áreas rurais, o que se traduz em estímulo para a preservação das espécies locais.

Promove também a atenção e entendimento da interdependência do mundo natural e apresenta à comunidade, exibições interativas, participativas e educacionais, além de atividades que representam sua relação, o que são subsídios para a educação ambiental.

.

2. CONSERVAÇÃO DE ESPÉCIES

Um papel importantíssimo dos Zôos hoje em dia e de despertar a atenção de biólogos e veterinários à preservação de espécies ameaçadas. Isto é comprovado por ser a reprodução de espécies ameaçadas o ponto forte e o auge do sucesso dos Zôos modernos, que  atualmente são divididos em conservação ex-situ (reprodução de animais ameaçados em áreas dos Zôos) e in-situ (de animais ameaçados em áreas naturais, distantes da localização dos Zôos). Como exemplo deste último, atualmente a AZA (American Zoological Association) coordena cerca de 650 projetos de conservação no mundo todo.

.

3. PESQUISA

Nas instituições zoológicas são desenvolvidas pesquisas científicas, servindo de múltiplos caminhos, entre eles como centros de conservação. Como tal, Zôos e Aquários devem manter relações sustentáveis da raça humana com a natureza, explicar os valores dos ecossistemas e as necessidades de conservar a diversidade biológica e praticar a ética conservacionista através das operações dos Zôos.
   

4. DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

O desenvolvimento e aperfeiçoamento profissional estão em plena expansão nos Zôos modernos, propiciando oportunidades e especializações a várias categorias novas de profissionais. Destaque para os técnicos zoológicos, tratadores de animais e supervisores.

.

5. LAZER

Importante participação dos Zôos na lista de opções de lazer das famílias, com especial destaque para as crianças, que têm no Zôo de sua cidade a maior oportunidade de contato com aspectos e noções de ecologia e meio ambiente, além de conhecimento das variadas espécies animais.

.

6. MISSÃO FUTURA

Zôo deve atingir sua missão ensinando e praticando a conservação, tanto in-situ como ex-situ, contribuindo para a descoberta do conhecimento biológico, oferecendo oportunidades apreciáveis, educacionais e recreativas com participação familiar e instigando a todos que o visitam o despertar do senso de aventura e descoberta.


Os Zôos do século XXI devem ser redesenhados como um recanto contra o empobrecimento biológico; uma máquina do tempo mantendo a continuidade em virtude da diminuição das populações de vida selvagem; um corredor de cuidados entre parques e reservas; e mais que nunca, primeira introdução da humanidade à vida selvagem, promover a aptidão ambiental e recrutar centros para conservacionistas.

.

.

.

.

.